Boletim CDES – Ed. 3: Morro Santa Teresa

em

Morro Santa Teresa:  Avanços e Desafios pela defesa de um território de moradia e ambientalmente sustentável.

A história de ocupação do Morro Santa Teresa, em Porto Alegre reflete a história da capital gaúcha. Situado em local privilegiado e detentor de uma paisagem exuberante e de um rico patrimônio natural o Morro Santa Teresa foi território indígena, passando pela ocupação açoriana e imperial, sendo está última àquela que trouxe o uso institucional ao Morro em 1845. Com o crescimento da cidade de Porto Alegre, a ocupação urbana foi se aproximando do morro e se estruturando de forma desordenada e excludente. Este quadro decorre de processos migratórios induzidos por ciclos de desenvolvimento associados à histórica incapacidade pública de prover urbanização, garantir moradia, proteger o ambiente natural e de se impor à logica de mercado que capturou os territórios de melhor localização e infraestrutura da cidade, deixando para os mais pobres as áreas “não aptas”, distantes da infraestrutura ou frágeis ambientalmente. Os efeitos negativos deste processo refletem-se no bem estar da população, no desenvolvimento urbano, no mercado de terras e na preservação dos recursos naturais.

Leia mais em http://www.cdes.org.br/SITE/Textos/boletim_3.pdf

1 comentário Adicione o seu

  1. Lui Miranda disse:

    Parabéns pelo bom trabalho de vocês.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s