Relatoria divulga relatório de missão que investigou impactos do Pólo Naval de Rio Grande

em

A Relatoria do Direito à Cidade da Plataforma de Direitos Humanos (Dhesca Brasil) divulgou o relatório final da missão que avaliou os impactos dos investimentos e das obras do Pólo Naval na cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul.

O relatório, que contém as análises feitas a partir dos depoimentos dos moradores das comunidades impactadas e de audiências com o poder público, aponta que a cidade sofre as consequências da expansão portuária, uma vez que não consegue suprir a demanda por serviços públicos essenciais, como moradia adequada, saneamento, vias de circulação de veículos e ciclovias.

A  missão foi organizada em conjunto pela Relatoria do Direito Humano á Cidade, pelo MNLM –  Movimento Nacional de Luta pela Moradia, pela AGB – Associação dos Geógrafos do Brasil, pelo Centro de Direitos Econômicos e Sociais – CDES Direitos Humanos, além das Associações dos Moradores dos Bairros afetados e visitados pela Relatoria e das comunidades de pescadores existentes nessas comunidades. O cerne das denúncias foi os poucos passos dados pelos poderes públicos e pela superintendência do porto, desde 2007 até a data de hoje, no sentido de resolver os conflitos fundiários existentes em função da expansão territorial do porto de Rio Grande sobre os bairros e comunidades que fazem fronteira com os limites do porto.

Para saber mais sobre a Plataforma DHESCA Brasil Acesse: http://www.dhescbrasil.org.br/

Relatório na íntegra:http://www.dhescbrasil.org.br/attachments/831_cidade_missao_rio_grande_2012.pdf

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s