Secretário do Ministério das Cidades solicita prazo para construção de solução pacífica e efetiva para ocupações de Belo Horizonte

em

O Secretário Nacional de Acessibilidade e Programas Urbanos do Ministério das Cidades, enviou na última sexta-feira, 10/05,  ofício ao juiz Luiz Gonzaga Silveira Soares, sobre a situação das comunidades Camilo Torres e Irmã Dorothy de Belo Horizonte.

No documento, o secretário coloca que a Secretaria recebeu o relatório da situação de cerca de 350 famílias, e pede que seja adiada a reintegração de posse, na tentativa de realizar uma negociação das partes envolvidas e outras interessadas na construção de uma solução pacífica e que contemple a questão habitacional das famílias atingidas.

Leodegar Tiscoski ainda ressalta que as famílias desalojadas desta forma (medida liminar ou reintegração de posse) normalmente não conseguem uma solução  para o seu problema de moradia, e tendem a realizar novas ocupações.

Veja abaixo o documento na integra:

Ofício1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s