Observatório das Remoções de Fortaleza: conflitos fundiários urbanos e a luta pela moradia.

em

Laboratório de Estudos da Habitação (LEHAB), vinculado à Universidade Federal do Ceará e à Rede Observatório das Metrópoles, aprovou o projeto de extensão para a criação do Observatório das Remoções de Fortaleza, que buscará a partir da investigação das ações realizadas pelo Estado e pelo mercado imobiliário como agente promotor de remoções, identificar as ações alternativas dos movimentos sociais urbanos organizados; registrar as dinâmicas socioespaciais vinculadas ao problema da moradia; e visibilizar os conflitos fundiários presentes na cidade e a ampla demanda habitacional não atendida.

Com esse projeto de extensão o LEHAB se junta às entidades parceiras que também trabalham com o tema do direito à moradia, e decide atuar sobre a questão das remoções e das ocupações, no sentido de registrar casos de remoções, analisar suas causas, seus impactos e apoiar a articulação das comunidades ameaçadas ou atingidas, facilitando assim a compreensão dos seus impactos e a defesa de seus direitos”, aponta Renato Pequeno Coordenador do LEHAB/UFC.

Leia a notícia na integra:

http://observatoriodasmetropoles.net/index.phpoption=com_k2&view=item&id=1948:observat%C3%B3rio-das-remo%C3%A7%C3%B5es-de-fortaleza-conflitos-fundi%C3%A1rios-urbanos-e-a-luta-pela-moradia&Itemid=164&lang=pt#

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s